Várias vítimas são analfabetas e moradoras da zona rural.

Polícia apreende dezenas de documentos de aposentados que eram usados em fraudes (Foto: Ascom/PC)

Operação "Lobo Mau" investiga uso de documentos de aposentados para emissão ilegal de empréstimos consignados. Várias vítimas são analfabetas e moradoras da zona rural.

O dono de uma empresa correspondente bancária, que realiza empréstimos, foi detido na noite desta quinta-feira (4), em Breves, na Ilha do Marajó, durante a operação “Lobo Mau”, que investiga uma quadrilha que usava documentos de aposentados para aplicar golpes de estelionato.

 

Segundo as investigações, o bando usava os dados de idosos para solicitar ilegalmente empréstimos consignados, que eram descontados da aposentadoria das vítimas. Em alguns casos, eram emitidos até quatro empréstimos no nome de uma mesma pessoa. Havia diversos contratos celebrados por aposentados analfabetos que residiam em localidades na zona rural de Breves.

 

Veja mais em:

Exibições: 309

Comentar

Você precisa ser um membro de Corresponda para adicionar comentários!

Entrar em Corresponda

Mensagens de blog

CMN regulamenta as fintechs de crédito

Postado por Modera em 27 abril 2018 às 11:55 0 Comentários

Agenda BC+: CMN regulamenta as fintechs de crédito



As Resoluções …

Continuar

Estatísticas - operações de crédito, (relatório do banco central) !

Postado por Modera em 26 abril 2018 às 12:00 0 Comentários

1. Operações de crédito

Segundo o Banco…

Continuar

© 2018   Criado por Modera.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Política de privacidade  |  Termos de serviço